fundo.jpg

Carijo da Canção Gaúcha

Registro do período de 1986 a 2021

capa 3º carijo.jpg
Palmeira das Missões - RS

 

A Origem do nome do Festival

Mozart Pereira Soares

 

Com o Carijo da Canção Gaúcha, Palmeira das Missões resgata uma parcela de sua dívida para com os festivais de música nativista que hoje cobrem o mapa do Rio Grande, com sucesso incomum.

Qual a razão da sintonia popular com tais eventos?

Talvez seu êxito não se deva apenas ao sentido de puro divertimento, ainda que consagrado pelo prestigio da Arte.

Antes disso, essa espécie de regresso às origens significa uma redescoberta das fontes de nossos mais genuínos valores espirituais, que devemos manter e aprimorar, como nossa melhor contribuição para o progresso cultural do grande todo, que é a nação.

Outro dos fascínios dessas promoções, vitoriosas em quase todas as faixas etárias e estratos sociais, está em sua esplêndida saúde moral, uma das mais belas conquistas do Movimento Tradicionalista Gaúcho, através dos incontáveis CTGs que ora se expandem por todo o Brasil, a partir do Rio Grande do Sul.

Em seu sentido mais profundo, ele se traduz como a proposta de um novo diálogo entre a cidade e o campo, como temos escrito, uma expressão singular de urbanismo, em que o galpão, antes rude abrigo de servidores rurais, assumiu a condição de espaço humanizado para encontros entre todas as classes, no ritual fraterno do chimarrão e na fusão afetiva de tertúlias e fandangos.

 

Carijo, por que?

O título nos parece além de expressivo, muito feliz para Palmeira das Missões, que é filha da erva-mate. Ela começou no inicio do século XIX, como Vilinha do Erval, um rancheiro de capim, localizado na mesma coxilha onde se realiza este festival, que caravanas de carretas vindas de Cruz Alta se abasteciam do ouro verde das matas, a primeira das riquezas que os jesuítas nos legaram.

Tal era a quantidade e, principalmente a qualidade da ilex paraguariensis, aqui existente, que o primitivo acampamento cresceu tanto, como reza um relato da época, que em breve passou à sede de um distrito, com cerca de quinze mil quilômetros quadrados, entre Santa Bárbara do Sul e iraí por um lado, e Passo Fundo e Santo Ângelo por outro.

Todas as operações do preparo da erva-mate podem ser individuais: o corte, o sapeco, o cancheio, o soque e o acondicionamento. A secagem do carijo, entretanto, deve ser coletiva. A vigilância contra possíveis incêndios, provocados por fagulhas do braseiro intenso, exige muitos olhos e a constante destreza no controle das chamas, com auxilio de guampas d’água durante as três noites de ronda do Carijo. A Elas concorrem os operários, visitantes e até moças, fato que justifica o sentido de namoro da expressão ”carijo acesso”, em Palmeira das Missões.

Verdadeiro salão social dos ervateiros, o carijo, desde suas origens, foi um ritual festivo e competitivo, em que as noites de ronda se encurtavam com anedotas, chistes, causos, assombrações, os desafios rimados e os descantes ao som do violão ou da cordeona, animados a tragos de canha. Tudo isso agora revive simbolicamente no “Carijo da Canção Gaúcha”, com o concerto de artistas de todo o Brasil.

O Carijo nasceu vitorioso, graças ao decidido apoio da Prefeitura de Palmeira das Missões, de sua Secretaria de Cultura, Desporto e Turismo e da Comunidade Palmeirense. Duzentas e cinquenta e uma inscrições em sua Primeira Edição, atestam bem o que dissemos.

Palmeira das Missões, maio, 1986

 

Mozart Pereira Soares, da Direção Artística (Texto de apresentação da

Programação do 1ª Carijo da Canção Gaúcha)

 

 

 

Galeria de Patronos Culturais (1986 - 2015):

Mozart Pereira Soares

Ademar Canavezzi

Wilmar Winck de Souza

Eurides Marques de Oliveira

Lurdes Grolli Ardenghi

Galeria Prefeitos (1986 - 2021):

Lourenço Ardenghi Filho (1983-1988/2009-2012)

Celso Augustinho Valduga (1989-1992/ 2005-2008)

José Américo Freire (1993-1996)

Antônio Marangon (1997-2000)

Alecrides Sant’Anna de Moraes (2001-2004)

Eduardo Russomano Freise (2013-2016/ 2017-2020)

Evandro Luiz Massing (2021-2024)

 

 

Galeria de Presidentes do Carijo (1986 - 2020):

Wilmar Winck de Souza (1ª, 2ª e 3ª edição)

Odone Burtet Ghisleni ( 4ª e 5ª edição)

José Carlos Vedana ( 6ª e 7ª edição)

Celso Augustinho Valduga ( 8ª, 28ª e 29ª edição)

Érico Veríssimo de Almeida ( 9ª e 10ª edição)

Darci Crestani ( 11ª edição)

Antônio Léo Rodrigues ( 12ª, 14ª, 15ª, 24ª, 25ª, 26ª e 27ª edição)

Clarisse dos Santos (13ª edição)

Hermes Garcia dos Santos ( 16ª, 17ª e 18ª edição)

João Tadeu Soares da Silva ( 19ª edição)

Sérgio Danilo Aragonês ( 20ª edição)

Lair Antônio Vieira ( 21ª, 22ª e 23ª edição)

Delfino Suzano Junior (30ª, 31ª, 32ª, 35ª edição)

Antonio Augusto Korsack Filho (33ª, 34ª)

  

Galeria Troféu Pé-no-Chão (1986 - 2016):

1986 - 1º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: Avô Gaiteiro

Letra: Angelino Rogério

Música: Angelino Rogério

Intérprete: Aurélio Moraes e Grupo Gente da Terra

 

1987 - 2º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: Fogos Fátuos

Letra: Armando Vasquez

Música: Adão Quintana Vieira

Intérprete: João Quintana Vieira e Grupo Parceria

 

1988 - 3º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: Fogões de Ronda e Romance

Letra: Gaspar Machado

Música: Lucio Yanel

Intérprete: Daniel Torres

 

1989 - 4º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: Peão das Horas

Letra: Armando Vasques

Música: Adão Quintana Vieira

Intérprete: João Quintana Vieira e Grupo Parceria

 

1990 - 5º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: Tarefeiro do Guarita

Letra: João Ari Ferreira e Nenito Sarturi

Música: Sabani Felipe de Souza

Intérprete: Antônio Gringo e Grupo Os Quatro Ventos

 

1991 - 6º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: Despedida de um mateador

Letra: Jorge Costa Melo

Música: Luiz Bastos

Intérprete: João Quintava Vieira

 

1992 - 7º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: Trago, Garoas e Milongas

Letra: Antonio Carlos Boeira

Música: Daniel Morales

Intérprete: João Quintana Vieira

 

1993 - 8º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: Pampeano

Letra: Adair de Freiras

Música: Adair de Freitas

Intérprete: Adair de Freitas

  

1994 - 9º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: Zaino Negro

Letra: Dorval Dias

Música: Leonardo Charrua

Intérprete: Leonardo Charrua

 

1995 - 10º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: Mea culpa

Letra: José Cezar Matesich Pinto

Música: Talo Pereira

Intérprete: Flávio Hansen

 

1996 - 11º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: A Outra Face de um Rude Peão

Letra: Joel Freitas Paulo

Música: Nirion Bernardes Machado

Intérprete: Cezar Passarinho

 

1997 - 12º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: Consciência Galponeira

Letra: José Cezar Matesich Pinto

Música: Talo Pereira

Intérprete: João de Almeida Neto

 

1998 - 13º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: Da Pura Cepa Crioula

Letra: Nenito Sarturi

Música: Miguel Marques

Intérprete: Miguel Marques/Nenito Sarturi/ Jorge Guedes

 

1999 - 14º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: Aos teus Olhos de Menina

Letra: Nenito Sarturi/Ivo Bairros de Brum

Música: Miguel Marques

Intérprete: Miguel Marques

 

2000 - 15º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: É a voz do Brasil

Letra: Mauricio Barcelos

Música: Mauricio Barcelos

Intérprete: Mauricio Barcelos

 

2001 - 16º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: Minha Terra da Palmeira

Letra: Salvador Lamberty

Música: Walter Moraes

Intérprete: Walter Moraes

 

2002 - 17º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: Quando Canta um Payador

Letra: Jadir Oliveira

Música: Mauro Marques

Intérprete: Mauricio Barcelos e Jadir de Oliveira

  

2003 - 18º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: Coplas pra um Afogado

Letra: Nenito Sarturi/ Adair Philipsen

Música: Miguel Marques

Intérprete: Miguel Marques

 

2004 - 19º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: Última Tarefa

Letra: Nabuco Portes

Música: Valdomiro Maicá

Intérprete: Valdomiro Maicá

 

2005 - 20º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: Conterraneos

Letra: João Ari Ferreira

Música: Sabani Felipe de Souza

Intérprete: Miguel Marques

 

2006 - 21º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: Gaúcho, Cerne e Raiz

Letra: Nenito Sarturi

Música: Leonardo Sarturi/ Zé ribeiro

Intérprete: Nenito Sarturi/ Miguel Marques, Horácio Bitencourt e Raul Quiroga

 

2007 - 22º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: De Campo e Rio

Letra: Gujo Teixeira

Música: Sabani Felipe de Souza

Intérprete: Leonaro Paim e Cristiano Quevedo

 

2008 - 23º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: Prosa dos Lenços

Letra: João Pantaleão Gonçalves Leite

Música: Luis Carlos Lanfredi/ Chico Brasil

Intérprete: Cristiano Quevedo, Shana Müller, Angelo Franco e Érlon Péricles

 

2009 - 24º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: Por Entender a Vida

Letra: Piero Ereno

Música: Nilton Ferreira

Intérprete: Nilton Ferreira

 

2010 - 25º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: Pelas Mãos dos Filhos do Campo

Letra: Osmar Proença

Música: Paulo Ricardo Saavedra Pinto

Intérprete: Francisco de Oliveira e Leonardo Paim

 

2011 - 26º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: Os Bravos da Palmeira

Letra: João Pantaleão Gonçalves Leite

Música: Érlon Péricles

Intérprete: Jean Kirchohh e Ita Cunha

 

 2012 - 27º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: O Campo Vive em Mim

Letra: Ramires Monteiro

Música: Ramires Monteiro

Intérprete: Leonardo Paim

 

2013 - 28º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: Quem são Eles

Letra: Josué Rodrigues

Música: Josué Rodrigues

Intérprete: João Quintana

 

2014 - 29º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vendedora: Trindade

Letra: Giba Trindade

Música: Nirion Machado

Intérprete: Adair de Freitas/ Robledo Martins/ Cristiano Fantinel

2015 - 30º Carijo da Canção Gaúcha

Música Vencedora: Carijo, Tempo e Memória

Letra: Nenito Sarturi

Música: Halber Monteiro Lopes

Intérpretes: Nenito Sarturi e Valdomiro Maicá

2016 - 31º Carijo da Canão Gaúcha

Música Vencedora: A alma índia do mate

Letra: Rodrigo Bauer

Música: Criatian Camargo

Intérprete: Marcelo Oliveira, André Teixeira e Shana Müller